Vazão Sanitária

DEFINIÇÃO:

A vazão sanitária, ou ecológica, ou ainda residual, é a vazão mínima que deve ser mantida no trecho de desvio de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) ou Centrais Geradoras Hidráulicas (CGHs).

Esta vazão, definida pelos órgãos ambientais, visa manter as condições mínimas necessárias para sobrevivência da fauna e flora no referido trecho de desvio, que é aquele compreendido entre a barragem e o canal de fuga da central, onde a vazão turbinada é devolvida ao leito natural do rio.

O valor da vazão sanitária estipulado pelos órgãos ambientais corresponde a um valor de referência, que poderá ser tornar maior ou até menor dependendo das características do curso d`água, grau de preservação do ambiente, comprimento e utilização da água no trecho de desvio, entre outras.

APROVEITAMENTO DA VAZÃO SANITÁRIA:

Na grande maioria dos casos, é permitido utilizar essa vazão para geração de energia, adicional à usina instalada, aproveitando-se de toda a infraestrutura existente.

Para tanto, pode-se instalar grupos hidrogeradores adicionais aos existentes na usina, para um incremento da energia gerada. Esses grupos são definidos em função das características hidráulicas do local em arranjo a ser definido aproveitando-se das características da usina existente.

A vazão sanitária não deve ser interrompida de forma que o arranjo do seu aproveitamento deve considerar um sistema de “by pass” que garanta a disponibilidade permanente da vazão nesse trecho.

vazao

GRUPOS HIDROGERADORES – GGI (Grupos Geradores Integrados)

A TECHYDRO fornece conjuntos hidrogeradores completos especialmente projetados para essa finalidade, com os seguintes diferenciais:

  • ENTREGA DE 6 A 8 MESES;
  • MENOR PREÇO DO MERCADO;
  • TOTALMENTE MONTADO EM FÁBRICA
  • MENOR PRAZO DE MONTAGEM EM OBRA

As potencias dos GGI são definidas em função das características hidráulicas disponíveis.